Monarquicos.com Monarquicos.com Fórum Monarquicos.com Vídeos Monarquicos.com Adicionar aos Favoritos
O PPM-Corvo vai oferecer uma viagem grátis a Maria Amaral
O PPM-Corvo vai oferecer uma viagem grátis a Maria Amaral O PPM-Corvo vai oferecer uma viagem grátis a Maria Amaral
2008.04.09 22:09h
O PPM-Corvo vai oferecer uma viagem grátis a Maria Amaral, residente em São Miguel, que referiu à agência Lusa que o seu sonho é visitar a Ilha do Corvo
Imprimir Imprimir este artigo • Texto : Pequeno Normal Grande
Fechar
Enviar artigo por email
Indique o endereço de e-mail para o qual deseja enviar uma mensagem contendo um link para este artigo:
Notícia publicada no Jornal Diário dos Açores
 
O PPM-Corvo vai oferecer uma viagem grátis a Maria Amaral, residente em São Miguel, que referiu à agência Lusa que o seu sonho é visitar a Ilha do Corvo.
Segundo Paulo Estêvão, presidente do directório do PPM/Açores, "esta acção visa agradecer o contributo espontâneo que a Srª. Maria Amaral nos deu nesta nossa luta contra a discriminação a que o Governo Regional nos vota e dar visibilidade à vontade que muitos açorianos têm de nos visitar, algo que o Governo Regional ignorou no âmbito do programa 60+ "Nunca é Tarde para Conhecer os Açores"".
No dia 26 de Março, a agência Lusa fez a cobertura da deslocação, para a ilha do Faial, do primeiro grupo de pessoas abrangidas pelo programa 60+ "Nunca é Tarde para Conhecer os Açores".
O PPM-A, que contesta a discriminação que o Governo Regional está a fazer à ilha do Corvo no âmbito deste programa que visa a coesão territorial e proporcionar, a um sector etário específico de açorianos, a possibilidade de conhecer as 9 ilhas dos Açores, entende que o 60+ "proporcionará às ilhas de menor dimensão um fluxo turístico importante ao longo da época baixa".
"Não percebemos, por isso, que não seja dada à ilha do Corvo idêntica possibilidade para usufruir das vantagens do programa. Não nos falta nada para recebermos condignamente quem nos queira visitar, em particular os nossos irmãos açorianos", assevera Paulo Estêvão.
A Assembleia Municipal do Corvo e o Núcleo Empresarial das Flores e do Corvo também já tornaram público o seu desagrado em relação à discriminação que o Governo está a fazer, neste âmbito, à ilha do Corvo.
«Pode perceber-se, por isso, a imensa satisfação que tivemos quando a agência Lusa e grande parte da comunicação social açoriana noticiaram o seguinte: "além de São Miguel, onde vive, Maria Amaral só conhece a Terceira e acalenta o sonho de um dia visitar o Corvo, a ilha mais pequena dos Açores onde residem cerca de 400 habitantes"».
Acrescenta que "esta referência sensibilizou-nos imenso a todos na ilha do Corvo. Por isso, os militantes do PPM-Corvo e alguns empresários locais disponibilizaram-se para pagar a deslocação e a estadia da Sr.ª Maria Amaral e de um acompanhante à ilha do Corvo durante as Festividades da Nossa Senhora dos Milagres, que se realizam em meados de Agosto".
 
Acrescenta-se apenas que a sra. Maria Amaral aceitou o convite e deslocar-se-á à ilha do Corvo no dia 13 de Agosto, aquando da festa da Nossa Senhora dos Milagres, padroeira desta ilha.
João Pedras
Comentar Comentar
  Anónimo
log-in? | registar
Restam 1200 caracteres
Comentários Comentários (3)
Anónimo 17.04.2008 10:00:09
Espero que tal acção ajude a alterar a disposição do Governo Regional por forma a que também a Ilha do Corvo passe a ser contemplada no Programa 60+ Nunca é tarde para conhecer os Açores . Paulo Especial
Anónimo 17.04.2008 09:02:30
Creio que esta questão da desigualdade, deve ser efectivamente combatida. Pois apesar de a mesma ser sentida noutros lados é inconcebível que se excluam populações por conveniência, em Portugal, em pleno Séc. XXI. Fantástica acção. Paulo Especial
Anónimo 13.04.2008 03:40:41
Excelente!