Monarquicos.com Monarquicos.com Fórum Monarquicos.com Vídeos Monarquicos.com Adicionar aos Favoritos
Registar Registe-se neste Fórum (Gratuito)   Entrar Entrar no Fórum

António Regedor
Monárquico
Monárquico


Offline
Mensagens: 161

Mensagem Enviada: Qua Jan 01, 2014 00:26     Assunto : Mensagem de Ano Novo de SAR. D. Rosário Responder com Citação
 
Portugueses e Portuguesas, fechamos este Ano de 2013 com a confirmação por parte dum Secretário de Estado que os políticos mentem descaradamente para ganhar eleições! Ora são esses mesmo mentirosos que andam por aí a dizer que a crise já acabou ao mesmo tempo que entregam o que resta dos sectores lucrativos do estado nas mãos dos privados fazendo uma obvia descapitalização patrimonial e financeira do país que só pode resultar em mais perdas de regalias para os funcionários públicos, para os cidadãos que vão pagar mais, receber menos e de pior qualidade do estado.

Mas as desgraças não se ficam por aqui, as falências das empresas seguidas de penhoras das finanças estão a dar origem a uma debandada de equipamentos e maquinaria pesada muito valiosa que está a ser vendida para países como a China, o Irão, Paquistão, etc. ao preço da chuva. Equipamento esse que um dia que se queira relançar essas indústrias vai custar fortunas a adquirir com saídas de divisas. Cada iniciativa desde desgoverno é uma bomba atómica lançada sobre o povo, não restam hoje dúvidas que 3 bombas nucleares que caíssem em Portugal fariam menos estragos que esta classe politica.

Desde há vários anos que venho alertando os portugueses para a necessidade urgente de restaurar a monarquia para que se possa ter uma gestão da coisa pública com sentido de estado e patriotismo e apesar do boicote da imprensa, cá estamos mais uma vez a marcar a nossa posição que a história registará e a seu tempo terá o devido eco!
A restauração da monarquia e a demonstração da vontade de mudança e de por fim a esta fantochada é uma urgência que só pode ser obtida pela vontade popular expressa de modo inequívoco nas ruas, uma vez que anti-democraticamente o artº 288 da Constituição não deixa o povo pronunciar-se em referendo sobre a questão de regime e porque todo o circuito eleitoral está com as regras do jogo completamente viciadas facto que resulta neste virar de disco entre os partidos do arco do poder.

Resta pois a desobediência civil ao abrigo do direito de resistir a um estado que já não é pessoa de bem!

Apelo pois ao povo português que em massa e de forma participativa se junte à Casa Real Portuguesa para que juntos possamos resgatar Portugal das garras internacionais e salvar o país da destruição!

Faremos um governo de justiça e de verdade do povo para o povo. Defendemos a nacionalização dos sectores estratégicos do estado, a obrigatoriedade das empresas que operam aqui, estarem sediadas em Portugal.

Defendemos o fim dos impostos sobre o trabalho!

Defendemos a nacionalização da banca com a sua conversão de banca comercial para sistemas mutualistas e uma auditoria ao sector financeiro com o perdão das dívidas das famílias e das empresas, pois ninguém deve perder as suas casas ou empresas por não conseguir pagar empréstimos fraudulentos da banca que emprestam dinheiro virtual que não existe!

Na saúde defendemos uma revolução que terá de começar nas escolas com a educação até a uma medicina de prevenção que evite as doenças em detrimento do actual esquema de tratar e não curar. Defendemos a criação de laboratórios do estado semelhantes ao laboratório militar que possam fornecer de medicamentos todo o sistema nacional de saúde, cortando os lucros das farmacêuticas fornecendo medicação gratuita às populações.

Defendemos uma revolução na educação para a liberdade a autonomia e o livre pensamento conta a estupidificação em massa que a classe politica quer da nossa juventude!

Defendemos o fim e não aplicação do Acordo Ortográfico esse acto de grande traição à língua portuguesa.

Mas meus amigos sem ovos não se fazem omeletas e sem monárquicos não se fazem reinos! Sem cidadãos participativos e conscientes não se faz a mudança!

Se querem continuar nesta desgraça e comer o pão que o Diabo amassou continuem a bater palmas e dar vivas a estes aldrabões.

Mas se querem uma mudança a sério então contem comigo!

Bem Hajam!

D. Rosário
 
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Utilizadores Enviar Mensagem Particular