Monarquicos.com Monarquicos.com Fórum Monarquicos.com Vídeos Monarquicos.com Adicionar aos Favoritos
Registar Registe-se neste Fórum (Gratuito)   Entrar Entrar no Fórum
Data: Sáb Mai 25, 2019 17:18
Índice do Fórum : Cooperativismo
Razões deste Sub Espaço
Ir à página Anterior  1, 2, 3 ... 24, 25, 26

Beladona
Regente
Regente


Offline
Mensagens: 2301
Local: Algarve
Mensagem Enviada: Seg Set 08, 2008 18:53     Assunto : Responder com Citação
 
Caro Nau,

Não quero crer que o seu post seja uma despedida, deixando-nos a todos órfãos do seu muito interessante e cultural: Centro de Estudos Cooperativos de Inspiração Monárquica - CECIM, para não falar também dos últimos temas sobre Monarquia!

Sabe meu caro, não tem de se sentir frustrado, isso é humildade a mais da sua parte, pois deu-nos grandes lições de cooperativismo, aliás, suponho que o cooperativismo ainda tem muito pano para mangas para o caro amigo nos ir deslindando, por sinal, a mim fez-me ver o mesmo por um prisma que nunca tinha visto e não me venha dizer que sou só eu que vejo assim, é só ver o número de visitas feitas ao seu espaço.

Nunca nos devemos de sentir frustrados por darmos as nossas visões, conhecimentos e experiências sobre diversos temas, havendo os que as aceitam ou não, respondem ou correspondem ou não, a vida é mesmo assim...embora, e muito pessoalmente, acho que não é no silêncio (neste caso), que se levará a nossa cruz ao calvário.

Peço-lhe, com toda a ousadia, embora é claro, o caro Nau melhor que ninguém saberá o que mais lhe interessa, que reconsidere e que pelo menos, nos faça umas visitinhas de vez em quando dando-nos um arzinho da sua graça e dos seus vastos conhecimentos...além disso, depois quem irá fazer uma visitinha e até participar no meu cantinho da Poesia?

Desculpe por favor toda esta minha ousadia.

Com toda a consideração e respeito.

Beladona
 
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Utilizadores Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail

longair
Monárquico
Monárquico


Offline
Mensagens: 2185
Local: Odivelas/VFX
Mensagem Enviada: Qua Set 10, 2008 22:11     Assunto : Responder com Citação
 
É uma pena verificar a saida de uma paixão pelo seu apaixonado, á Monarquia que até os por ti mais apaixonados se esfumam na penumbra dos tempos. Mr. Green



Ps: logo agora depois de tanta tinta, desiste?
_________________
C. Longair
 
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Utilizadores Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Utilizador

iznoguud
Regente
Regente


Offline
Mensagens: 2764

Mensagem Enviada: Qui Set 11, 2008 10:26     Assunto : Re: cooperativismo Responder com Citação
 
Resposta a TC – 0

nau escreveu:
1. Há cerca de um ano facultaram-me este espaço a que entusiasticamente me dediquei, de tudo escrevendo, na esperança de acender a chama do associativismo no seio dos monárquicos.
2. Nenhum tema foi tabu, mas a Ideia Monárquica tornou-se uma constante, ao ponto de Amigos e Colaboradores aconselharem a mudança do designativo para: “CEMIC – Centro de Estudos Monárquicos de Inspiração Cooperativista”.


E que apesar da pouca participação de outros, se tornou numa das temáticas mais populares do fórum.

Ou seja, é lida por uma grande quantidade de gente, infelizmente não percebo o porquê de não se responder, questionar, expor dúvidas, posições ou simplesmente opiniões. Não sei se será por se ter "medo" de se estar a "confrontar" com uma "sumidade" como o Sr. Não sei se será por a visão monárquica que o Sr. tem apresentado, apesar de ser muito pró facção maioritária, não deixar de ser inversa em questões que para os representates desta serão... incómodos. Não sei o porquê... apenas lhe posso dizer o porquê de eu, mais ou menos, não me espraiar mais nas suas dissertações.

Tenho estado, e continúo a estar, interessado em aprender mais sobre o cooperativismo. Tenho procurado perceber a mecânica e a forma de funcionar deste. Por N motivos, encontro-me impossibilitado de poder avançar com um "teste" ao mesmo para além de aquele que já me encontro a realizar com a existência do monarquicos.com, que pelo que me dá a entender é um exemplo perfeito do que o Sr. apregoa enquanto Cooperativismo.

Consigo perceber alguns dos objectivos para os quais o Cooperativismo serviria, mas de facto, não consigo perceber outros e daí as minhas reticências as quais sempre as apresentei por forma a procurar ver resolvidas.

Ou seja, corri sempre o risco de "alienar" o Sr. ao contrariar, contrapor, duvidar ou simplesmente responder às suas posições. Mas creio que ao fazê-lo estava a dar aos nossos "leitores" hazo a que estes vissem, caso as suas dúvidas fossem as mesmas que as minhas, as respostas que o Sr. me dava. Creio que não houve alienação, creio que o Sr. nunca levou a mal as minhas posições, creio até que o respeito tem crescido de forma exponencial entre ambos.

nau escreveu:
3. A frustração é grande porquanto ninguém se propõe dar continuidade ao assunto: Diogo Ventura refugiou-se em Olivença; VM amuou. Chefes monárquicos a quem possa meter uma cunhazita pelo cooperativismo não encontrei: Pedro Reis é demasiado inteligente para ser um bom político; IzNoGuud, demasiado diletante para impor um rumo; JTMB, demasiado emocional para motivar as hostes; Rapunzel ...


Não irei responder pelos outros. Cada um será capaz de o fazer por si próprio. Responderei no entanto por mim.

Meu caro Sr., não sou um "Chefe Monárquico" (como acredito que já soubesse que o iria dizer). Apenas represento uma visão alternativa do que pode ser a Monarquia, caso esta deseje enveredar por tal caminho. Tal, mesmo assim, não é suficiente para fazer de mim um "Líder" por N questões e razões entre as quais poderei destacar que efectivamente faço o que faço por amor à causa, mas com um "amor" condicionado às minhas responsabilidades pessoais e profissionais. De facto, não recebo um ordenado para fazer o que faço, não me posso dedicar à causa de forma profissional (tal como acontece com a maioria dos nossos), serei apenas um tal diletante como bem o disse, no bom sentido da palavra claro está.

Não sendo cego ou ingénuo, pelo menos em demasia, creio que efectivamente fazem falta aqueles que se possam dedicar à causa de corpo e alma, por forma a termos projectos a longo prazo e podermos apresentar trabalho credível o qual possa ser avaliado, questionado e se estiver a falhar, substituído sem que se tenha de se cair em "tabus" ou coisas do género. Que é o que actualmente acontece quando surge alguém que questiona a forma como se tem trabalhado. Tal para além de não fomentar o melhoramento da causa, não levará a lado nenhum.

Creio, que o grande problema da Monarquia, é que os integrantes desta não estão interessados em procurar por formas de se trabalhar em conjunto em prol da mesma, pondo de lado as suas visões pessoais de como a mesma poderia funcionar enquanto as mesmas não forem uma questão em cima da mesa. Creio que no monarquicos.com temos feito de tudo para que se possam resolver estas questões, com mais ou menos interesse por parte dos monárquicos ou de aqueles que os representam.

Espero que compreenda aquilo que estou a dizer e o quanto estou condicionado nas minhas escolhas.

nau escreveu:
6. Permitam-me que dirija também um agradecimento muito especial ao Caro IzNoGuud que, ultrapassando as suas funções de moderador, tudo fez para dar relevo aos assuntos aqui focados. Muito e muito obrigado.


Meu caro, nenhum agradecimento me é devido, pois apenas tentei corresponder ao que o meu caro expôs. Tive e tenho todo o gosto em procurar responder a quem escreve, expõe, denúncia ou sublinha como o meu caro Sr. o tem feito.
Por isso o agradecimento, a haver, terá de ser meu para com o Sr. por tudo quanto nos tem dado e espero que continue a dar.

nau escreveu:
7. Termino socorrendo-me dos Antigos: Mal com os cooperativistas por mor dos monarquicos; mal com os monárquicos por mor dos cooperativistas. Bom é acabar.


"Mal com el-rei por amor dos homens, mal com os homens por amor de el-rei." - Afonso de Albuquerque.

Grande Afonso de Albuquerque o qual não deixo de reconhecer enquanto um dos Grandes entre os grandes Portuguêses. Português que soube lutar por um objectivo, por um sonho, por uma vontade. Sabendo que tal implicava pagar um preço e não fugindo do mesmo, como por norma acontece.

O meu caro Sr. fez um bom uso das palavras de Afonso de Albuquerque, dou-lhe os meus parabéns. De facto, subscrevo plenamente aquilo que o Sr. afirmou. Procurarei, na medida dos possíveis, tal como Afonso de Albuquerque, não fugir ao "preço" que terei de pagar para levar a minha visão em diante.

Abraços respeitosos,

Paulo Especial
_________________

 
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Utilizadores Enviar Mensagem Particular

Gonçalo de Albuquerque
Monárquico
Monárquico


Offline
Mensagens: 188
Local: Vale de Milhaços
Mensagem Enviada: Seg Set 15, 2008 22:53     Assunto : Responder com Citação
 
Caro Nau,

Lamento ter estado sem vir ao fórum este tempo todo.
Deixo também as minhas desculpas ao IzNo e a todos aqueles que notaram a minha falta neste espaço. As minhas mais sinceras desculpas.

A razão de não ter vindo, é de ter tido um vírus no computador, um pouco antes das férias e com estas a chegar fui adiando a desfragmentação do disco. 15 dias passados após as férias e só agora o mandei consertar, o que é compreensível (a meu ver), pois a razão prende-se com uma vontade incontrolável de me dedicar à leitura. 133 mensagens não vistas. TODAS apagadas por mim, por essa mesma razão se tiver havido alguma mensagem para a minha caixa de correio enviada por vós, lamento dizer mas apaguei, e peço que se for importante me mandei outra vez a(s) mensagens. Não tenho pachorra para ler tantas msgs.

Por último, gostei muito do hino e concordo com a sua esposa “para picar o colega que é republicano, sugeriu que o quarto verso da primeira quadra fosse alterado – “Para todos, Monarquia””.

Os meus mais sinceros cumprimentos e desculpas a todos.

Gonçalo de Albuquerque (Forever in shame). 11
 
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Utilizadores Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Utilizador